Estudos apontam que a alteração de alguns hábitos no seu dia-a-dia pode fazer com que acorde com mais energia

Dorme entre sete a oito horas por noite e ainda assim acorda constantemente cansado? Infelizmente, esta situação é bastante comum. De acordo com os especialistas, e conforme reporta a revista Galileu, existem diversos hábitos e rotinas do cotidiano que podem estar interferindo negativamente com o seu processo de descanso.

Segundo um vídeo do AsapSCIENCE, um dos fatores fundamentais para ter energia é praticar exercício. Estudos salientam que a prática de atividade física moderada pelo menos três vezes por semana já contribui para melhorar a qualidade do sono, o que por sua vez melhora o humor na manhã e dia seguinte.

Publicidade

Adicionalmente, a quantidade de cafeína ingerida diariamente também impactam negativamente no descanso. Várias pesquisas alertam que ingerir cafeína - desde café a chá preto ou verde - até seis horas antes de ir dormir prejudica o sono, podendo inclusive provocar insônias. A cafeína é uma substância que bloqueia a adenosina, um neurotransmissor que se acumula no cérebro ao longo do dia, deixando-nos sonolentos à noite.


Publicidade
Nem tudo depende de você...
Pessoas que sofrem de doenças mentais, como transtornos de ansiedade, estão associados à fadiga e causam índices elevados de stress e preocupação. A depressão também impacta na qualidade do sono, sendo que alguns casos provoca insônias e em outros hipersônia. 
Problemas físicos podem igualmente explicar a sensação de exaustão, desde condições como a anemia que se caracterizam pela falta de ferro no organismo, problemas de tiróide e diabetes.
Com informações de NM