Em entrevista à rádio Jovem Pan nesta terça-feira (30), o Dr. Anthony Wong esclareceu a diferença entre quarentena e distanciamento social. O médico toxicologista e pediatra esclareceu alguns pontos sobre a pandemia que estão sendo omitidos pela imprensa. Dr. Wong foi cortado de uma entrevista na CNN nesta semana, quando começou e emitir uma opinião contrária à tese de que todos devem ficar presos em casa em quarentena total.

Publicidade

Quarentena (lockdown)

A quarentena é o trancamento total de um grupo de pessoas, de cidades ou até mesmo de regiões. Um exemplo disso é o grupo de brasileiros que foi resgatados da China por uma missão da Força Aérea Brasileira em fevereiro. Este grupo foi mantido em isolamento total em relação ao mundo exterior, sem contato com outras pessoas, até o fim do período de incubação do vírus. A quarentena pode ser feita também em casa e é altamente indicada para pessoas que apresentam sintomas do Covid19.

Algumas cidades européias estão adotando esta medida em função das características: muitos idosos na população e período frio que favorece a propagação. Esta medida, quando adotada por estados e municípios, tem efeito devastador na economia, pois reduz a atividade econômica a quase zero, trazendo uma posterior quebra de empresas e desemprego.



Distanciamento Social

Já o distanciamento social é uma medida que adota certas ações de cautela, como manter distância mínima de 1,5 ou 2,0 metros de outras pessoas e evitar locais onde ocorram aglomerações. As liberdades individuais e o direito de ir e vir das pessoas são mantidos. Nem comércio, nem parques são totalmente fechados neste tipo de ação preventiva. Há um cuidado especial com pessoas que pertencem a grupos de risco, que devem ficar em isolamento total com relação a outras pessoas, com monitoramento constante de sintomas.

O Japão, a Suécia e Austrália adotaram esta medida mais branda, segundo o Dr. Wong. Nesses países foi permitida a circulação de pessoas com alguns cuidados de higiene e fechamento somente de alguns serviços. Na Holanda, pessoas podem andar livremente nas ruas desde que mantenham distância de 2 metros umas das outras e não estejam em grupos maiores que 3 pessoas.

Eficácia

O Dr. Wong disse que a quarentena total não é eficaz para conter uma doença altamente contagiosa como o Covid19. Segundo ele, a curva de crescimento da epidemia só começa a cair depois que o vírus atinge cerca de 50% da população. Pessoas já infectadas pelo coronavírus desenvolvem anticorpos que impedem a transmissão da doença para grupos mais vulneráveis.

“Na hora que você levantar a quarentena, as pessoas que não tem imunidade, nós vamos ter uma nova onda”, disse Wong, o que corrobora com a versão do presidente Jair Bolsonaro, que defende a volta dos brasileiros que não pertencem a grupos de risco às suas atividades normais.

Segundo o Dr. Wong, a província chinesa de Hubei, onde surgiu o coronavírus, só conteve a epidemia porque 60% da população já tinha desenvolvido anticorpos sem sequer relatar sintomas da doença. A revelação veio através de estudos que colheram amostras de sangue da população e submeteram a análise laboratorial.

“Isso confirma o que todo epidemiologista já sabe. Uma doença de alto contágio e baixa letalidade como o coronavírus tem que seguir o seu curso natural. Se tentarmos frear, nós teremos um outro surto lá na frente e vai pegar o Brasil no inverno”, declarou o médico.

Com informações de Novo Norte