Decreto publicado no Diario Oficial nesta tarde vem após o ministro do o STF, Alexandre de Moraes tornar sem efeito a nomeação.

Publicidade

O presidente Jair Bolsonaro cancelou na tarde desta quarta-feira a nomeação de Alexandre Ramagem na diretoria-geral da Polícia Federal (PF) .

Decreto publicado no Diario Oficial da União nesta tarde também torna sem efeito a exoneração de Ramagem à frente da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), onde estava antes da indicação do presidente. 



A publicação vem após o ministro do o Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, tornar sem efeito a nomeação, atendendo a um pedido do PDT, que impetrou um mandado de segurança na corte.

O partido usa em sua argumentação declarações feitas pelo ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, em sua demissão, sobre as interferências políticas de Bolsonaro na PF. Além disso, Ramagem tem ligações pessoais com o clã Bolsonaro.

A posse estava prevista para as 15h de hoje juntamente com a do ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, e do novo advogado-geral da União, José Levi.

Com informações de Exame