O juiz Carlos Henrique André Lisboa, que assumiu o processo de inventário de Marisa Letícia, quer esclarecimentos sobre uma aplicação no Bradesco de 2.566.468 unidades de CDB, com vencimento em 18 de maio e o cujo o emissor é o Bradesco.

Publicidade

Lisboa quer que o inventariante (Lula) esclareça "se tal investimento" refere-se a contratos juntados aos autos que estipulariam valor de R$ 100 para cada unidade de CDB.



Pelo raciocínio do magistrado, o investimento de Marisa poderia chegar a R$ 256,6 milhões. Deve ser apenas um engano.



Com informações de O Antagonista