A crise econômica causada pela pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) chegou à Rede Tambaú de Comunicação. Depois da demissão em massa no Sistema Correio e do encerramento do programa ‘No A’ na Arapuan, agora foi a vez da TV Tambaú, afiliada do SBT, fazer demissões. Foram 17 profissionais de comunicação, entre jornalistas e pessoal de equipe técnica que foram postos para fora da empresa nesta segunda-feira (4).

Entre os demitidos está um dos mais antigos na casa, o jornalista Aldo Shueler, âncora do ‘Tambaú Notícias’. Ele estava na empresa há mais de 25 anos.  Na lista de demissões está também o repórter Rubens Junior. Além de cinegrafistas e produtores. 

Publicidade
Ainda nesta segunda-feira, o empresário João Gregório do Sistema Arapuan de Comunicação dispensou um profissional. A vítima, dessa vez, foi produtor e multimídia Cláudio Costa. Na emissora ligada à RedeTV!, Cacau, como é conhecido, foi editor do comunicador Fabiano Gomes.

Recentemente a Arapuan demitiu Bruno e Patrícia Rocha e afirmando que eles haviam se negado a reduzir os próprios salários para contribuir com cortes derivados do momento de pandemia.


Ainda nesta segunda-feira, o empresário João Gregório do Sistema Arapuan de Comunicação dispensou um profissional. A vítima, dessa vez, foi produtor e multimídia Cláudio Costa *. Na emissora ligada à RedeTV!, Cacau, como é conhecido, foi editor do comunicador Fabiano Gomes.

Recentemente a Arapuan demitiu Bruno e Patrícia Rocha e afirmando que eles haviam se negado a reduzir os próprios salários para contribuir com cortes derivados do momento de pandemia.

Os jornalistas foram às redes sociais desmentir. Segundo eles, o programa foi retirado do ar após o fim do expediente sem o conhecimento de ambos.

* Segundo informações de colaborador do Sistema Arapuan, O produtor, Cláudio Costa, (Cacau) foi demitido a pedido do próprio, para trabalhar em uma outra emissora.

Com informações de Paraibadebate