Bolsonaro vai ao STF com empresários

O presidente caminhou ao lado de ministros e de empresários. Segundo Paulo Guedes, a ideia é mostrar o resultado da crise na economia

Publicidade

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) decidiu ir até o Supremo Tribunal Federal (STF), no final da manhã desta quinta-feira (07/05), a pé. Durante o trajeto, o presidente foi acompanhado por vários seguranças.

O encontro não consta na agenda de Bolsonaro, pois foi marcado de última hora. Ele vai participar de uma audiência com o presidente do Supremo, ministro Dias Toffoli.

Segundo Paulo Guedes, ministro da Economia, trata-se de uma visita de cortesia. “É uma visita de cortesia ao Supremo para que eles tenham as mesmas informações que nós recebemos”, disse Guedes.

A distância entre o Palácio do Planalto e o STF é de menos de um quilometro. “45% do PIB veio aqui mostrar que a economia brasileira está preservando seus sinais vitais, mas a crise está refletindo o que está acontecendo em cada setor”, prosseguiu Guedes. 


Com informações de Metrópoles