Igreja Batista não retornará atividades presenciais

Mesmo com a autorização de decreto dos governos do Estado, que permite o funcionamento de cultos  religiosos,  limitado ao espaço de 30% do espaço físico para acomodação de seus fiéis,  a Primeira Igreja Batista de Patos decidiu, nesse domingo (21),  manter a realização de atividades remotas por tempo indeterminado.

A igreja decidiu observar a divulgação dos próximos números oficiais dos casos de covid-19 em Patos, para em um momento posterior anunciar a data de retorno as atividades presenciais com maior segurança a saúde de seus membros e visitantes.

O pastor José Francisco Rodrigues reforçou que a igreja vem realizando as atividades de forma remotas durante a e apresentou algumas justificativas para a decisão. Confira;


“APESAR DO DECRETO DO GOVERNO MUNICIPAL EM LIBERAR OS TEMPLOS PARA CULTO, A liderança da Primeira Igreja Batista de Patos entende que ainda não é o momento de voltarmos as atividades presencias, pois, os números, ainda, não são favoráveis. O registro dos casos em nossa cidade tem aumentado, sobretudo o número de óbitos e por isso precisamos preservar a vida das pessoas, e isso não tem impedido de proclamarmos o EVANGELHO DA SALVAÇÃO DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO.

A Igreja vem realizando suas atividades por meio das redes sociais através da Internet.

A Primeira Batista vem mantendo a realização dos projetos sociais em parceria com o “Instituto Criar” beneficiando, em média, 400 famílias com a distribuição de cestas básicas, kits de limpeza e álcool gel.

Uma outra ação da Igreja, em meio a essa Pandemia, é a distribuição de refeições a dezenas de pessoas que passam por necessidades.”

Com reportagem de Edmilson Pereira para o Paraiba Notícia