Como consultar saldo do FGTS

A Medida Provisória 946/2020 foi publicada pelo Governo Federal no dia 7 de abril, em uma edição extra do Diário Oficial da União (DOU)

O saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), no valor de até R$ 1.045 por cotista, terá início no dia 15 de junho, de acordo com a Medida Provisória 946/2020, publicada pelo Governo Federal no dia 7 de abril, em uma edição extra do Diário Oficial da União (DOU).

O saldo do benefício, liberado em decorrência da pandemia do coronavírus para trabalhadores que tenham contas ativas ou inativas, pode ser consultado através do site da Caixa ou do próprio FGTS e através do aplicativo para smartphones e tablets (disponível nas versões iOS, Android e Windows).

A Caixa disponibiliza também o serviço de envio de mensagens via SMS para informar mensalmente sobre depósitos feitos pelo empregador e o saldo atualizado do fundo de garantia.

Veja o passo a passo para verificar o saldo e outras informações no site da Caixa:


1 - Acesse o endereço  www.caixa.gov.br/extrato-fgts


REPRODUÇÃOSite da Caixa FGTS
2. Informe o número do seu NIS, CPF, ou e-mail e clique em “cadastrar senha”

3. Leia o regulamento. Se estiver de acordo, clique em “aceito”

4. Preencha todos os campos com seus dados pessoais

5. Crie uma senha com até 8 dígitos, com letras e números, e confirme. Você será direcionado para a tela de login novamente

6. Preencha os campos com NIS ou CPF novamente, insira a senha cadastrada e o botão Acessar.

7. Clique em FGTS, em extrato


REPRODUÇÃOsite da caixa para consultar saldo do fgts
8. Aparecerá as seguintes informações sobre sua conta


REPRODUÇÃOsite para consulta de saldo do FGTS
Email e SMS

No site da Caixa, é preciso informar o NIS (PIS/Pasep), que pode ser consultado na carteira de trabalho ou em algum extrato do FGTS antigo que o trabalhador tenha, e usar uma senha cadastrada pela própria pessoa.

Na página, o indivíduo pode selecionar a opção de receber e-mail na conta vinculada. É possível também selecionar a opção de receber mensagens. Entretanto, ao fazer a escolha por SMS, o trabalhador para de receber o extrato bimestral em casa.


Crédito em conta

De acordo com a Caixa Econômica Federal, os trabalhadores vão receber o crédito em conta e terão que esperar alguns dias para sacar os recursos em espécie. Os saques serão feitos de acordo com o mês de nascimento do trabalhador.

Datas

De acordo com a MP, os saques devem acontecer entre os dias 15 de junho e 31 de dezembro. Faltando poucos dias para o início do prazo, no entanto, a Caixa ainda não divulgou a data em que cada trabalhador poderá acessar seus recursos. A instituição afirmou ao Metrópoles que “os procedimentos para pagamento do Saque Emergencial do FGTS serão divulgados em breve”.

O educador financeiro Carlos Castro, da consultoria Planejar, indica o uso do dinheiro para eventuais necessidades causadas em função da perda de parte da renda ou dívidas. “Se você não tem necessidade de liquidez e não está endividado, uma das possibilidades é sacar para investir”, sugeriu.

“O FGTS é um fundo feito para cobrir emergências. Precisamos pensar então em investir esse benefício em um fundo que tenha a mesma finalidade. Caso você não precise desse dinheiro e opte por não sacar, você pode comprometer futuramente a disponibilidade do mesmo”, afirmou Castro.

Com reportagem de Fabíola Testi para Metrópoles