Entrevista Dr. Ramonilson

O pré-candidato a prefeito de Patos-PB, Dr. Ramonilson Alves (Patriota), foi entrevistado por um canal de TV Web da cidade, nesta quinta-feira, (16) onde falou sobre vários questionamentos feitos pelo apresentador.                       

Pré-campanha 

Hoje estou em um lugar diferente, nesta pré-campanha mais como juiz, e sim como pré-candidato. Um pré-candidato como cidadão de Patos, alguém que ama o povo e a cidade, almejando ser o gestor dessa cidade, atando sempre com transparência e com honestidade, longe de qualquer forma de corrupção.   

Os apoios e Adesões

Graças a Deus o nosso projeto coletivo de resgate da cidade de devolver Patos ao seu povo encontra adesões diárias. São manifestações de muito carinho e de muito apoio, de modo que esse momento é de motivação e felicidade.                 

Ex-Juiz candidato

Por ter sido juiz eleitoral, tenho vantagens e bônus em estar disputando uma eleição como candidato. As vantagens vem pelo conhecimento da legislação, do que pode e o que não se pode fazer, nas mais variadas formas de atuação, do que é permitido e do que é proibido. Por outro lado, a desvantagem é a pressão, a impossibilidade de cometer erros, não posso escorregar alegando desconhecimento da lei. Porém estou feliz, não sou e nem tenho inclinação para cometer ilicitudes, sigo tranquilo e bastante entusiasmado com essa campanha.                  

A enquete da Arapuan

Eu recebi o resultado com felicidade, mostra que a sociedade está compreendendo o momento, percebendo que há uma proposta distinta dos grupos políticos tradicionais, que não tem vínculo alguém com corrupção ou qualquer outro tipo de esquema montado para benefícios próprios.


Os pilares da propositura

Nossa propositura para administrar a cidade de Patos, é fundamentada em três grande Pilares: O primeiro deles é a honestidade e o combate a qualquer forma de corrupção, pois acreditamos que um gestor sério que dá o tom, escolhe bem os seus secretários, é capaz de modificar a cidade de Patos. O segundo  diz respeito a uma gestão transparente e de responsabilidade fiscal, o povo de tudo deve saber, e nós através de mecanismos físicos e através da internet, com parceria com o Tribunal de Contas, de tudo vamos ineirar a população de como ocorre o processo de arrecadação e de gastos dos recursos públicos. O terceiro pilar será o diálogo permanente e humanizado com a população, não apenas em época de eleição. O nosso diálogo será permanente e humanizado já que toda estrutura do poder público existe e é vocacionada para servir ao público. Esse serviço tem que ser prestado com muito respeito.             

 O maior problema da cidade

O problema mais grave que a nossa cidade enfrenta hoje, diz respeito a ética e a moral. Há problemas na Saúde, Assistência Social, Saneamento, Iluminação Pública, Coleta de Lixo enfim...Patos precisa abolir no âmbito da administração pública, qualquer forma de corrupção, seja ela grande ou pequena. Administração pública é coisa de gente séria e honesta, política não é algo de ladrão, de mentiroso. Eu já disse e repito, Não deixei de ser juiz para ser ladrão, nem tampouco mentiroso. Não tenho vocação para isso, não ambiciono ficar rico milionário, quero ter a oportunidade de fazer uma gestão séria e honesta na cidade de Patos. É possível que até eu nem tenha remuneração, porém não me desmotiva em nada a minha missão. Fazendo dessa forma, teremos corpo para resolver os demais problemas, acabando com o toma lá da cá, com o descaso com o dinheiro público.                       

Da Redação do Sertão Político