Levantar-se rápido não causa morte súbita

Circula pelas redes sociais uma mensagem que diz que levatar-se rápido durante a noite pode causar morte súbita. O post conta com instruções para que pessoas evitem se levantar rápido da cama durante a madrugada pois essa movimentação poderia causar “morte súbita“.                   

No entanto, a informação é falsa. Não há risco de morte súbita nesse caso, o que pode ocorrer é uma tontura ou queda de pressão.

A publicação viral diz que cada pessoa deve aguardar “três minutos e meio” antes de se levantar, pois quando é feito um movimento brusco o cérebro pode ficar “anêmico”, o que causaria insuficiência cardíaca.    

                        

O cardiologista Diogo Umann explicou ao ‘Estadão’ que isso não é possível. Na realidade, o que poderia acontecer seria queda de pressão e baixo fluxo sanguíneo cerebral ao se levantar de uma vez.               

“Essa questão dos três minutos e meio não existe. Geralmente o que ocorre é que, com a diferença de posição, a pessoa deitada ou sentada por tempo longo, até mesmo acordada, pode apresentar uma lipotimia. É uma queda de pressão, que pode ser fisiológica e benigna, e ocasiona tontura”, explica o médico, que atua em uma clínica particular em Belo Horizonte.                       

O cardiologista também orienta que pessoas idosas precisam de cuidado especial ao se levantarem da cama durante a madrugada. Isso porque, se ocorrer uma queda, as complicações podem ser mais graves.

Conteúdo de fact-checking do Pipeify.