Rosa Weber nega liminar a pobre

A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Rosa Weber negou liminar a um jovem que furtou dois xampus, de R$ 10 cada um. A defesa dele propôs que ele cumprisse penas alternativas.


De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, o jovem já tinha sido flagrado em outros furtos.

No Superior Tribunal de Justiça (STJ), a Corte deve apreciar o mérito do caso. O jovem é representado pelo advogado Lucas Marques e pelo estudante de direito Gustavo Neno Altman.