Tiro pelas costas

Um policial militar, de 45 anos, foi preso em flagrante após atirar pelas costas e matar o suspeito de roubar uma moto no sábado (25), em São Paulo. Imagens de uma câmera de segurança registraram o momento da ação. As informações são do G1.      

Para a Polícia Civil, o PM teve a intenção de matar. Segundo o delegado Ivan Moyses Elian, do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), a versão do policial diverge das imagens das câmeras de segurança. A Ouvidoria irá instaurar um procedimento para acompanhar as investigações dos órgãos competentes.





De acordo com o boletim de ocorrência do caso, o suspeito estava com uma motocicleta Kavazaki que havia sido roubada. Em seu depoimento, o policial disse que o suspeito tentou “jogar a motocicleta” em direção a ele e também fez um movimento que pudesse aparentar o uso de arma de fogo.

Conforme o relato do policial, em um primeiro momento ele fez disparos em direção a motocicleta, com a intenção de pará-la. O PM afirmou que atirou em direção ao suspeito visando resguardar sua integridade física.

O suspeito morto tem 23 anos e tinha antecedentes criminais por crimes de furto e porte de arma de fogo. Segundo a Secretaria de Segurança Pública de SP, o homem conduzia uma motocicleta que havia sido roubada horas antes. O suspeito foi reconhecido pelo dono da moto como autor do roubo.

Em nota ao G1, a SSP afirmou ainda que o caso foi registrado no Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), que prosseguirá com as investigações. “A Polícia Militar instaurou Inquérito Policial Militar (IPM) e trabalha no esclarecimento dos fatos”, diz a nota.                     

Com informações de Isto É