A solenidade militar nas ruas foi cancelada devido a restrições impostas pela pandemia.

Apesar do cancelamento do tradicional desfile de 7 de setembro na Esplanada dos Ministérios, o presidente da República, Jair Bolsonaro, organiza um evento no Palácio do Planalto na próxima semana para celebrar o Dia da Independência. A solenidade militar nas ruas foi cancelada devido a restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus, mas ficou a cargo de Bolsonaro definir se optaria por uma cerimônia mais restrita.

Paralelamente, o governo lança nesta segunda-feira, 31, a nova campanha da "Semana do Brasil", com o mote "Vamos em frente, com cuidado e confiança".


A veiculação da campanha em rádio, televisão e internet ocorrerá entre hoje e 13 de setembro.

O intuito da Semana do Brasil, que ocorre como mais uma forma de comemoração pelo 7 de setembro, é estimular promoções no comércio para tentar aquecer a economia no período.

Com informações de Estadão Conteúdo