Mirna Noia Wanderley

Ainda em fase embrionária, mas com indicação do governador João Azevedo, surge em Patos, numa pré-candidatura, uma chapa em que a médica Mirna Wanderley aparece como candidata a vice-prefeito e como prefeito o também médico e deputado Érico Djan.

Uma dupla que, de cara, dá indícios de uma campanha bastante acirrada e de muito equilíbrio, onde o favoritismo inexiste nos primeiros passos e que somente a postura dos concorrentes, e os apoios conseguidos, poderão indicar a vitória nas urnas.

A respeito do título da matéria, a força da mulher poderá, mais uma vez, ser um trunfo para esses dois jovens competidores, adicionado do fato de que Mirna há muito faz um trabalho filantrópico, como médica, juntamente com seu esposo, médico Dinaldo Filho- Dinaldinho- esse sendo o atual prefeito eleito de Patos e, pelo que dizem, injustamente afastado de suas funções há mais de um ano, sem que a justiça o julgue ou explique a razão de tão arbitrária atitude.


O fato é que a pré-candidatura de doutor Érico Djan tomou nova feição, desde que o nome da médica Mirna Wanderley despontou no cenário político, agora na condição de vice-prefeito. E, segundo fomos sabedores, o governador João Azevedo, responsável pela provável indicação dos dois médicos, se fará presente em Patos, inclusive com obras solicitadas pelo deputado Érico e outros parlamentares.

Em relação aos outros pré-candidatos, podemos assinalar que o juiz aposentado Ramonilson Alves surge entre os primeiros, na opinião do eleitorado patoense, entrando na reta final com reais chances de vencer o pleito, tendo a seu lado, pareados, doutor Érico Djan e uma terceira força, ainda não definida, onde o deputado estadual Nabor Wanderley desponta na sua liderança, haja visto seu incondicional prestígio no meio do eleitorado de Patos.

Professor Jacob, Lenildo Morais, e outros que pretendem concorrer, sabem que ainda é muito difícil chegar a seu objetivo, entretanto, poderão conquistar cadeiras no legislativo, o que já é algo significativo para as chamadas esquerdas.

O grito de largada está prestes a ser dado. Saibam escolher e façam suas apostas;   

Por Marcos Nogueira - Jornalista