Um relatório do Tribunal de Contas do Estado, apontou diferenças nos recursos aplicados para o combate ao Covid-19 e ainda mostrou que a doença provocada pelo vírus é a quarta causa de mortes no estado, contrariando estatísticas mostradas com interesses diversos, inclusive servindo de parâmetro para o país.

O relatório com 93 páginas, faz uma radiografia da situação da saúde e aponta diversas irregularidades.

Considerando-se a informação do Governo Federal, R$55,8 milhões, até o momento o Governo do Estado só aplicou dos recursos transferidos, fundo a fundo, FONTE 272, segundo dados do Portal Covid-19 PB, R$ 46,4 milhões (valor empenhado) pouco mais de 80%.

Ademais persiste diferença de ordem de R$ 13 milhões entre o valor informado no Portal Covid, R$ 42,7 milhões e o montante indicado ao Portal de Transparência do Governo Federal de transferências de fundo a fundo R$ 55,8 milhões.           

Dados epidemiológicos:

Até o dia 14/08 tem-se as seguintes informações, sobre a epidemia: 96.660 confirmados, 11.883 descartados, 2.113 óbitos, taxa de letalidade da ordem de 2,2% e, considerando-se o total de pacientes acometidos + descartados, a taxa de letalidade de 1% desde 30/07/2020.      

Quanto ao número de óbitos, segundo dados disponibilizados no Portal registrocivil.org.br, o número total de óbitos tendo por causa o COVID é de1.799 óbitos, para mortes registradas até 15/08/20, a discrepância entre este dado e o informado no PORTAL COVID PB é de 314 óbitos, em números absolutos, ou 17%, em relação aos óbitos CONFIRMADOS PELOS CARTÓRIOS DE REGISTRO CIVIL.

Outro aspecto a se considerar, é que neste ano de 2020, o número de óbitos totais na PARAÍBA alcançou 16.118, sendo as principais causas mortis identificadas no gráfico abaixo:



Como se observa, em 2020, durante a PANDEMIA DO COVID, na Paraíba, ocorreram mais mortes por PNEUMONIA e SEPTICEMIA do que em razão do CORONA VÍRUS.

Considerando-se os DADOS OBTIDOS A PARTIR DOS CARTÓRIOS DEREGISTRO CIVIL, temos o cenário abaixo em termos de óbitos por sexo e faixa etária:


Como se observa, na faixa de 60 anos ou mais concentra-se 74% de todos os

óbitos verificados, apesar da divergência entre o número total de mortes atribuídas ao

COVID19, na estratificação de óbitos por faixa etária, confirma-se que o maior número de mortos tem idade superior a 60 anos.                    

Nesta semana, registre-se, por fim, que a PANDEMIA atingiu todos os municípios paraibanos, que passaram a apresentar um ou mais casos confirmados de contágio pelo COVID19.                        

LEITOS - DISPONÍVEIS versus OCUPADOS

Segundo dados disponibilizados no portal com informações sobre a COVID-19,

atualizados em 15/08/20, tem-se 824 leitos ativos, REDUÇÃO DE 5 LEITOS em relação ao dado divulgado no relatório anterior, alocados para atendimento de pacientes com COVID-19, sendo: 486 de enfermarias; e 338 de UTI - Neste número não estão computados leitos alocados em unidades privadas de saúde. As taxas de ocupação são 44% para leitos de UTI; e 40% para leitos de enfermaria, conforme figuras a seguir:


A taxa de ocupação dos leitos de UTI, no Estado, vem se mantendo, nas últimas quatro semanas, abaixo de 50%, e, de enfermarias, na mesma base territorial, abaixo de 40%, desconsiderando-se os leitos na rede hospitalar privada.                     

Com informações do TCE/PB

Obs. Nosso portal está à disposição da assessoria do Governo do Estado para alguma explicação.

Contato; 83-98131-4340