De acordo com agência de notícias estatal, fogo vem de um armazém que estoca pneus

Um armazém de óleo e pneus no Porto de Beirute, capital do Líbano, pegou fogo nesta quinta-feira (1o/9). O local é o mesmo onde ocorreu uma megaexplosão há pouco mais de um mês. Até o momento, não há relatos de pessoas feridas.

O exército disse não saber por que o óleo e os pneus pegaram fogo e disse que enviou helicópteros para controlar o incêndio. Imagens veiculadas na TV mostram o despejo da água sobre as chamas.




 


Uma coluna de fumaça escura subiu e chamou atenção na cidade, que ainda vive as consequências da megaexplosão do dia 4 de agosto. Na ocasião, 190 pessoas morreram e outras 6 mil ficaram feridas.



Para tranquilizar a população, o chefe da Cruz Vermelha do Líbano, George Kettaneh, afirmou que não teme uma nova explosão em decorrência do incêndio desta quinta-feira. Porém, ressaltou que as pessoas podem sofrer com a falta de ar por conta do fogo. 

Com informações de Metrópoles