Chegou a hora de apresentar as cartas do jogo. 

Hoje, último dia para definição dos candidatos ao pleito de 2020, muitas surpresas, definições e “trairagem” serão postas à mesa.

Depois da desistência do pré-candidato a prefeito, Ivanes Lacerda que pegou muitos de surpresa, embora uma cartada já esperada por outros, hoje teremos o desenlace final.

Quem será o vice de Nabor? Professor Jacob pra onde irá? Lenildo segura a candidatura ou vai ser vice de alguém? Edjane, qual a dela? Dinaldinho apoia quem? Dr. Érico será que ainda tem alguma palavra? Herbinho, qual o destino?

Todas essas respostas, teremos hoje, mesmo que ainda com um certo receio pois na política, todo dia é dia de circo.

Enquanto isso, nos bairros, na lanchonete, no barbeiro, no mercado, no comércio, nos lares, um nome se destaca como a pessoa que pode resgatar a dignidade de nosso povo. Dignidade essa que foi muitas vezes confundida pela própria justiça eleitoral e comum.

Será que na reta final, também teremos operações policiais para influenciar no pleito?


Candidatos, temos de sobra, poucos merecedores do voto de gente do bem.

Estamos vendo um “samba do crioulo doido” e muitos oportunistas que não deixam as tetas do poder. Políticos que só pensam neles próprios e o resto que se exploda, como dizia o personagem de Chico Anísio, Justo Veríssimo.

Sobrará alguém de vergonha para dirigir os destinos desta tão sofrida cidade?

Então, aguardemos o fim do primeiro tempo hoje e nos preparemos para o próximo embate no dia 15 de novembro.

Por Marcelo Negreiros