Em tempo, a Rede Globo anuncia o fim de algumas atrações de humor que já não tinha a menor graça.

Focada no desejo de usar palavras do presidente da República para fazer chacotas e gozações, o público cansou das palhaçadas sem graça e blasfêmias contra a religião Católica.

A emissora alega os impactos da pandemia como causa de afastamento do elenco. Contudo, os profissionais das atrações deverão ser aproveitados em um novo programa de humor, que irá ao ar no ano que vem. 

O canal diz que, assim, será possível "reunir todo o potencial criativo" e "oferecer ao espectador o melhor de cada gênero dentro do humor".


O que se espera é que a TV Globo leve aos lares brasileiros, programas de qualidade, a exemplo dos que tiveram humoristas como Jô Soares, Chico Anísio, Agildo Ribeiro e tantos outros que nos faziam rir mesmo com ironias e críticas.

Leia a íntegra do comunicado da Globo:

"O humor é conteúdo fundamental para a composição dos nossos conteúdos. Diante dos desafios impostos pela Covid-19, que têm impactado muito nossos cronogramas de produção, optamos, em 2021, por reunir todo o potencial criativo da Globo em um programa novo, juntando as equipes do Fora de Hora, Zorra e Escolinha. Assim, vamos oferecer para o espectador o melhor de cada gênero de humor, num programa variado e com muitas possibilidades de desdobramentos futuros. Será um verdadeiro laboratório de formatos e talentos que poderá nos trazer mais novidades."

Sinceramente, esperamos que a empresa tenha melhor escolha.

Da redação com Folhapress