A Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores pediu intervenção no Diretório do PT em João Pessoa. A executiva quer o afastamento da presidente municipal do partido, Giucélia Figueiredo e dos demais integrantes do diretório na Capital.

O motivo é o fato do diretório municipal manter a candidatura de Anísio Maia para prefeito de João Pessoa, enquanto a Direção Nacional optou pelo apoio do partido a candidatura de Ricardo Coutinho, do PSB, tendo como vice o petista Antônio Barbosa.

O pedido de intervenção será julgado pelo Diretório Nacional durante reunião que acontecerá no próximo dia 14.

O procedimento da Executiva Nacional foi tomado no final da tarde de ontem (7). Foi dado um prazo de cinco dias para Giucélia Figueiredo se defender.


Giucélia confirmou o pedido de intervenção e disse que fará sua defesa oral presencialmente na reunião da Direção Nacional que acontece no próximo dia 14, às 14h.

Giucélia disse que recebeu com muita surpresa a decisão. “Pela primeira vez na história do nosso partido uma ação tão dramática, extrema, está sendo tomada pela direção nacional”, disse ela ao revelar indignação. “Nossa indignação é fruto da certeza que temos de ter cumprido rigorosamente todos os preceitos legais e políticos, pautados na legitimidade e legalidade que resultou na candidatura do PT em João Pessoa. Estamos dialogando com a direção nacional e estaremos no dia 14 para fazer nossa defesa, na certeza de que estamos no caminho certo”.


Com informações de Parlamentopb