O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, encerrou nesta terça-feira (13) a entrevista que concedia à CNN Rádio, quando foi questionado por sobre o escritório de seu ex-assessor que foi responsável pelo pedido de soltura de André do Rap, chefão do PCC. “Isso é uma injúria. Está encerrada a entrevista”, disse, desligando o telefone.


ASSISTA E SIGA A GAZETA BRASIL NO INSTAGRAM:


Com informações de Gazetabrasil