O treinador ficou pouco mais de três meses no comando do rubro-negro e não conseguiu emplacar seu estilo de jogo

goleada por 4 x 0 para o Atlético-MG foi a gota d’água para a diretoria do Flamengo que decidiu, nesta segunda-feira (9/11), demitir o técnico Domènec Torrent.

O espanhol não resistiu à segunda goleada consecutiva – havia perdido por 4 x 1 para o São Paulo na rodada passada – e deixa o clube após pouco mais de três meses de trabalho.

Ele deixa o Flamengo na 3ª colocação do Campeonato Brasileiro e classificado para as quartas de final da Copa do Brasil e oitavas da Copa Libertadores.


“O Clube de Regatas do Flamengo informa que Domènec Torrent e sua comissão técnica não comandam mais o time principal do clube. A atividade da equipe principal da próxima terça-feira (10) será comandada por Maurício Souza”, diz a nota.


Com as informações de Metrópoles