Em nome de TODOS os eleitores de Patos, que sufragaram meu nome para vereador; em nome de TODOS os eleitores de Patos, que votaram em Jair Messias Bolsonaro, para presidente da República,  venho externar meu Voto de  Repúdio a um radialista que, em seu programa na rádio Espinharas de Patos, no dia 16 de novembro de 2020, de maneira deselegante, maldosa e até virulenta, não conformado com a sua derrota e, muito menos, com a minha vitória, chegou a classificar os eleitores que votaram em mim de "outro povo", não sendo, pois, pessoas idôneas, filhas do mesmo solo e pertencente à sociedade, nos adjetivando de maneira degradante, o que não condiz com o direção da emissora, pertencente à diocese (rádio Espinharas de Patos), na pessoa do bispo Eraldo Bispo da Silva.

Por mim, não daria ouvidos a esse cidadão, por quem não nutro simpatia, por exercer atividades políticas que vão de encontro a meus princípios pátrios. 


Mas em nome dos homens e mulheres de bem da minha cidade de Patos, que, exercendo um ato de cidadania, me fizeram um representante seu na Câmara de Vereadores, e em nome de todos os eleitores que fizeram Jair Bolsonaro o presidente do Brasil, venho externar esse meu repúdio, que leva o endosso de todos os eleitores que confiaram e confiam na minha pessoa.

Tomarei as medidas cabíveis, na forma da lei, enquanto, agradecendo a meus irmãos patoenses e a Deus, por iluminar meu caminho, reservo-me no direito de pedir urgentes providências aos dirigentes da referida emissora, para que fatos dessa natureza não continuem a acontecer, principalmente no programa que tem um declarado esquerdista, de conduta doentia,  à sua frente. 

Sou um homem honrado, um homem digno, capaz de, sem gastos financeiros, ser um dos escolhidos para ser representante seu, na Casa de Juvenal Lúcio de Sousa.

Sem mais para o momento:

Josmá Oliveira