Por: 

Marcos Nogueira

-Eita, Zé do Povo!... Ruas na escuridão! 

-E passou a eleição!...

-Saúde sem  condições!

-E vem mais para os babões!

- Essa não entendi!

-Cortaram gratificações!

-E eu quase me esqueci. Funcionários reclamando e greve pra logo mais!

-Estão pensando é na mesa diretora da Câmara ! E sabes por quê?...

Para aprovarem as coisas do  prefeito que sai e evitarem uma tal de auditoria nas contas da Prefeitura, e ficarem coladinhos, e caladinhos, com o que foi eleito.

-E é mesmo!...

-Esse administrador não é gente, não! O cara é mais frio que pedra de gelo! Também, criado entre feras!

-Que queres dizer?...

-Procuras saber na terra dele! Escreveu, não leu, o pau comeu! De vez em quando lá é São João! Uns pipocos!

-Uai! São João?...

-E tu agora és mineiro! "Uai!" Uai um nem sei que diga...!

-Apenas uma expressão.

-E tu sabes o que é.
 isso, Boca?...

-Zé, vamos ao que interessa!

-Tá bem, estrume! Olha, Boca, o negócio é muito sério. Tu já viste chefe de trânsito nomear e exonerar!

-Hein?!!!...

-Olha o diário oficial do município;  são muitas nomeações, exonerações e ordenação de despesas, por parte do Menino! E faz tempo! 

-A imprensa e os  vereadores não viram isso, não?...

- E não viste a mão de dinheiro que correu, não?... Muita grana para alguns jornalistas. O Sagres trouxe tudo. E o que foi feito? Nada! Nadinha! 

-Por isso e por outras coisas mais, quase todos derrotados!

-E poucos ainda se reelegeram, por obra e graça do Espírito Santo!

-Espírito não tão santo!...kkkkkk


-Esse Boca! Mas  tens razão! Espírito do mal!

-Sim, ainda no diário oficial do município: compras e mais compras, na Saúde, sem licitação e sem a assinatura da então secretária de Saúde, uma tal de Socorro não sei de quê! Depois foi escanteada, ficando como auxiliar de outro da " família".

-Então a coisa é bem séria?

-Seria, se fosse um País sério. Há o sentimento da impunidade, como acontece com os Renans Calheiros da vida. Vai morrer e não será julgado! Só as urnas! Mesmo assim...

-Verdade, Zé, outro dia ouvi um ex- prefeito, de uma cidade da região, dizer que tinha um cartão de crédito de quase um milhão de reais, todo mês. Sabes qual é esse cartão? Pois nada mais, nada menos, que o FPM. Fundo de Participação dos Municípios. E sabes o que ele é?... Condenado por improbidade administrativa. Era pra estar preso, mas, por conta de um habeas corpus, vive a vida que pediu a Deus! E ainda com a prefeitura na mão, até não se sabe quando! É quando se diz: ladrão de colarinho branco! E a mulher também foi condenada, prestes a deixar a edilidade da cidade que falo. Agora, assumirá novamente o sobrinho, que já foi punido pela justiça, noutra gestão. É a roda grande passando dentro da pequena! 

-A desonestidade enraizou, contaminou tudo! Lembras daquela história da mocinha que perdeu a virgindade? Antigamente era um escândalo. Hoje é só usar camisinha ou tomar a pílula do dia seguinte. Tá resolvido. Não viu o que disse um prefeito de um município, não? " Eu roubei foi para dar para os pobres!" E ainda bateram palmas!

-É uma triste realidade, Zé do Povo.

-Voltando para o "doméstico".  Acho que vai haver mudanças.

-Lógico que sim, Zé. Volta tudo ao Reino da Desventura. Isto é: alegria para uns; para outros, a amargura! 

-O homem sai rico?...

- É você que tá dizendo!

-Estou perguntando! 

-E a nova gestão, Zé do Povo?...

-Que nova gestão, Boca?... Tu não já viste esse filme, não?...

Um filme onde não tem mocinho!

- Nem mocinha!...

-Proibido para menores de 18 anos!

-Para pessoas honestas, também!

- Quem falou em Ernesto?...

- É você que tá dizendo!

-Entrou por uma perna de pinto, saiu por uma perna de pato. Tudo a mesma coisa. Tudo como dantes, no quartel de Abrantes! 

E a doutora jornalista, Edilene!...

- Lima de Sousa, com S! Disse que quer saber sobre a nossa política.

- Pois perdeu duas cascavéis...

- Destilando veneno?...

- Falando a verdade!

- Descobrimos o Brasil! Ela vem amanhã!

- Tchau que já me vou! Assim dizia o doutor...

-Doutor Raíz!


* Marcos Nogueira é jornalista