Foram divulgadas as imagens de câmera de segurança que mostram o momento do atentado contra o falso piloto Diego Schmoller. Ele foi baleado em um restaurante no bairro do Cabo Branco, em João Pessoa, no dia 27 de novembro. Morreu no dia 12 de dezembro, após dias internado no Hospital de Trauma da Capital, em estado grave.

Nas imagens é possível ver Diego almoçando acompanhado de uma mulher. No restaurante também havia outra mesa com um grupo de seis pessoas.

É notada a chegada de um carro branco, na rua, de onde desembarcam dois homens. Um chega já diretamente em direção à mesa de Diego. O outro ainda despista caminhando longe e depois corre até a mesa e também atira, logo após o primeiro atirador disparar várias vezes.


A mulher que almoçava com Diego, corre, deita-se no chão e se arrasta. As pessoas da outra mesa também se escondem embaixo dela, com exceção de uma mulher que fica de pé olhando toda a cena do crime. Os atiradores passaram bem próximo dela no momento da fuga.

O garçom que se afastava da mesa de Diego também correu mais para dentro do restaurante. Apenas Diego Schmoller saiu ferido. A Polícia Civil investiga o caso e ainda não divulgou o motivo do atentado.

Confira o vídeo:


Diego Schmoller, de 34 anos, usava o nome falso de Victor Hugo Garcia e era foragido da Justiça de São Paulo, onde cumpria pena em regime condicional, até descumprir cautelares em agosto de 2019.

Desde que a Polícia Civil cumpriu, no dia 7 de dezembro, dois mandados de prisão da Justiça de Bauru e de Agudos, municípios do estado de São Paulo, Diego Schmoller estava internado em estado grave sob custódia policial.

Diego havia sido alvo de procedimentos em São Paulo por roubo, furto e a maioria deles por estelionato. Cumpria pena, ganhou direito a liberdade condicional, e deixou de comparecer em Juízo em agosto de 2019. Estava foragido há três meses na Paraíba, com uma companheira.


Com informações de Parlamentopb