As investigações apontaram que um dos suspeitos presos é uma das lideranças da facção criminosa paulista PCC

Um vídeo publicado pelo 1° Tenente da Polícia Militar de Santa Catarina, Nícolas Vasconcelos Marques, mostra o momento do resgate do policial militar baleado durante o assalto ao banco ocorrido em Criciúma no início da madrugada do dia 1º de dezembro.


A publicação mostra o momento em que o Soldado Esmeraldino é resgatado após receber disparos de fuzil. Na publicação, o 1º Tenente deseja melhoras ao colega, que precisa de doação de sangue e teve melhora no quadro na sexta (4) enquanto segue hospitalizado.


O assalto ocorreu em uma agência bancária em que dezenas de bandidos a bordo de veículos de luxo cercaram os acessos do município e renderam populares e funcionários municipais que realizavam a limpeza das ruas.

Foram trocados tiros, veículos foram queimados e reféns que estavam na rua serviram de escudo humano. Os criminoso fugiram, e até esta sexta (11) alguns suspeitos foram presos pelas autoridades.

As investigações apontaram que um dos presos em Gramado é uma das lideranças da facção criminosa paulista PCC (Primeiro Comando da Capital), com ramificações em todo país.

Na madrugada do sábado (5) também foi preso outro suspeito em Blumenau, no Alto Vale, com cerca de R$ 26 mil, carro recém comprado, um caderno com informações, dois smartphones e “outros elementos que o ligam ao crime”, segundo nota da PM.

Além destes,  outros 11 suspeitos também já foram presos no Rio Grande do Sul e em São Paulo.

Com informações de NDmais