A igreja de São Frei Pedro Gonçalves foi alvo da ação de vândalos na madrugada deste domingo, 10. No do prédio foi escrita a frase: “A sociedade quem cria o marginal”. Já nas portas da edificação erguida em 1843, foram colocados símbolos. A Polícia Militar foi acionada por moradores por volta das 5h30 quando os vândalos agiram no local, mas quando chegaram não encontraram mais ninguém.

A Coordenadoria do Patrimônio Cultural de João Pessoa vai formalizar à polícia civil uma investigação sobre o ato de vandalismo. Daniela Bandeira, titular da Copac, afirmou que também pedirá autorização aos órgãos responsáveis pelo patrimônio público para retirar as pichações.


A Igreja de São Frei Pedro Gonçalves passou por uma restauração em 2000. Em julho daquele ano, durante trabalhos de restauração, foram identificadas pelos técnicos (historiadores, arqueólogos e arquitetos), as ruínas de uma fortificação cuja periodização foi estabelecida como sendo de fins do século XVI. Com cerca de 10.000 m² de área, as ruínas encontravam-se soterradas.

Esses vestígios de muros de pedra calcária, que atingem em alguns trechos entre oito e dez metros de altura, pelo seu período estimado, podem remeter às primeiras ocupações da então Capitania da Paraíba, de 1585.

Com informações de Parlamentopb