Foto: Paraibaonline

O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (PSD), afirmou durante entrevista a uma emissora de rádio local, que, diferentemente de algumas regiões da Paraíba, é notório que a cidade está em uma situação relativamente mais tranquila em relação à pandemia do coronavírus.

As afirmações do chefe do Executivo campinense fazem referência ao posicionamento do Governo do Estado, que em novo decreto estabelece medidas mais restritivas no combate ao vírus e um toque de recolher para alguns municípios.

Bruno enfatizou que Campina não pode ser penalizada e deve ficar de fora desses possíveis fechamentos.

“Não podemos ser penalizados pela falta de fiscalização no verão de João Pessoa. Os órgãos de controle não coibiram as questões relativas ao avanço da pandemia durante o verão da capital, aí a gente não pode simplesmente fechar a atividade comercial de Campina, quando temos uma situação relativamente favorável, ou bem menos complicada”, enfatizou.


Ele afirmou ainda que uma ampliação dos leitos direcionados à Covid-19 está prevista para a Rainha da Borborema.

“Embora tenhamos entre 42% e 43% de ocupação de leitos de UTI, estamos nos preparando para aumentar tanto leitos de UTI como de enfermaria no Pedro I”, pontuou, explicando que essa ampliação deve girar em torno de 20%.

Com informações de Paraibaonline