Vítima de choque séptico, por conta de problemas orgânicos, faleceu no dia 8 de fevereiro, à tarde,  o funcionário aposentado Eugênio Pacelli de Souza, filho primogênito do saudoso professor Manoel Oliveira, antigo docente do Ginásio Diocesano de Patos, lecionando a disciplina Geografia.

Eugênio, 78, era viúvo, aposentado, como Inspetor de disciplina e Auxiliar Administrativo do CEPA, deixando dois filhos, Fidélis e Rafanelli da Costa Oliveira e seu sepultamento ocorreu na manhã de hoje, no cemitério Santo Antônio, partindo da rua São José, onde morava com os filhos.


E sobre Eugênio, lamentando seu passamento, disse o vereador Josmá Oliveira: "Não fazia tempo que o conhecia, mas foi tempo suficiente para saber que era uma pessoa decente, honesta e um bom pai e amigo. Tinha bastante conhecimento da história de Patos, assim como seu pai, professor Oliveira, tinha de geografia. Lamento sua morte, mas tenho certeza que um bom lugar foi reservado para ele, no Reino Celestial, lugar dedicado aos que viveram para a prática do bem ao próximo e às coisas de Deus!"

Com informações da Assessoria