Foto: Lula Marques/Agência PT

Levantamento mostra que a maioria dos brasileiros não aprovou a decisão do ministro Edson Fachin, do STF, de anular as sentenças da Lava Jato de Curitiba

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Paraná Pesquisas, nesta terça-feira (9), mostra que a maioria dos brasileiros não aprovou a decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), de anular as condenações contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no âmbito da operação da  Lava Jato de Curitiba. A ação tornou o petista elegível para o próximo pleito presidencial.

Segundo a pesquisa, 57,5% dos entrevistados disseram discordar da decisão de Fachin que livrou Lula das condenações. 37,1% responderam que concordam com a decisão do ministro do STF. Outros 5,4% não opinaram.


O instituto ouviu 2.215 brasileiros de todos os estados do país. O grau de confiança é de 95,0% para uma margem estimada de erro de aproximadamente 2,0% para os resultados gerais.

Nesta última segund-feira (8), Fachin, que é relator da Lava Jato no STF, invalidou as condenações do petista por corrupção e devolveu a Lula seus direitos políticos. Agora, a defesa do petista investe para que o juiz responsável pelas condenações de Lula, Sergio Moro, seja julgado por não ser imparcial.

Com informações Ig Último Segundo