Foto: Ilustrativa

Denúncias que pessoas "influentes" da sociedade estariam furando a fila no setor destinado ao teste da covid-19, contrariando a política de espera, como estão fazendo todas as pessoas que necessitam fazer o referido teste, levaram,neste domingo, 7, o vereador Josmá Oliveira, Patriota,  a comparecer ao local, a fim de comprovar, ou não, a veracidade dessa afirmação, procurando ouvir ambas as partes, a fim de tomar as medidas necessárias, na condição de vereador, um funcionário do povo, como ele gosta de ser chamado.


Depois, em contato com a imprensa, disse Josmá: " É minha função fiscalizar, apurar fatos e tudo que a população precisa, como voz. Fui eleito para servir, e não somente para receber um contracheque no final do mês. Estou apurando até onde vai a verdade, e se for realmente comprovado o que me foi dito, lógico que tomarei as providências cabíveis. O teste não é do prefeito, do vereador ou de meia dúzia de privilegiados. Ele é, indistintamente, para todos, brancos, pretos, pardos, ricos, pobres, etc.  Eu sou fiscal e, como tal, estou cumprindo simplesmente o meu papel!"



O espaço fica reservado para a Secretaria de Saúde se manifestar se assim desejar.