Despedida em vez de comemoração. Assim pode ser definida a edição do 23º aniversário do Jornal A Cidade, de Santa Maria (RS). 

Ao completar mais um ano em circulação na quarta-feira, 17, a publicação levou às bancas a última edição impressa de sua história — a primeira havia sido comercializada justamente em 17 de março de 1998.

Na edição de despedida da versão em papel do projeto, que segue no ar por meio do site oficial e de página no Facebook, o diretor Valdemar Roveda agradeceu aos leitores e demais parceiros que ajudar a fazer parte da história do veículo de comunicação. 

Ao abordar o fim do impresso, o executivo lamentou o “momento preocupante” que o Brasil enfrenta. Nesse sentido, criticou governantes, demonstrou preocupação com comerciantes e, diante da pandemia da Covid-19, alertou: “continue mantendo o isolamento, usando máscaras e conscientizando as pessoas pelo bem comum”.


Morador de Santa Maria há mais de cinco décadas, Roveda foi além da pandemia e de lamentar o fim da versão impressa do projeto jornalístico que idealizou. 

No site da marca, ele agradeceu ao acolhimento que sempre recebeu e registrou que, de alguma forma, seguirá trabalhando em prol da cidade gaúcha.

"Estou na batalha, continuarei retribuindo à cidade que me acolhe há 51 anos pelo quanto as portas se abriram para a família Roveda”

“A minha gratidão nesta edição foi de ter citado dezenas de empreendedores que ao longo desse percurso estiveram com a gente no jornal impresso”, comentou o executivo. 

“Mas eu estou na batalha, continuarei retribuindo à cidade que me acolhe há 51 anos pelo quanto as portas se abriram para a família Roveda, a gente fez muito, mas nunca tanto quanto recebemos”, continuou o diretor do Jornal A Cidade, que seguirá a sua trajetória na imprensa de forma 100% online.

Com informações de Comunique-se