Foto: blogdonegreiros1

O patoense foi surpreendido na noite do domingo, (07), por conta da grande quantidade de mosquitos que infestou diversas áreas da cidade.

Começou por volta das 19h e entrou madrugada. Em determinadas residências, ficou impossível fazer a refeição noturna, pois, ao acender uma lâmpada, a quantidade de mosquitos ameaçava cair na comida ou penetrar nos ouvidos e boca.

Há relatos de residências em que os moradores tiveram que apagar todas as luzes, pois ficava impossível, até, de se transitar por dentro de casa.


Segundo o médico veterinário, estudioso e pesquisador do comportamento animal e vegetal Dilermano Simões Dantas, isso ocorre, no período chuvoso, quando aumenta a reprodução da espécie.


“Os mosquitos se juntam para acasalar e se reúnem continuando a reprodução. Ao encontrarem iluminação, é como se fosse uma reunião para socialização”. Relatou Dilermano.

Ele ainda acrescentou que "isso não é nem um fenômeno anormal e deve continuar nesse período chuvoso, mas em intensidades diferentes".


Alertou, ainda, os motociclistas, para que andem sempre com a viseira do capacete fechada, evitando que o mosquito caia nos olhos, podendo causar acidentes.

Por Marcelo Negreiros - blogdonegreiros1