Médico cardiologista deve substituir Eduardo Pazuello.

O médico cardiologista Marcelo Queiroga aceitou o convite para assumir o ministério da Saúde. Ele vai substituir o general de divisão Eduardo Pazuello, que teve a saída definida no último fim de semana.

Queiroga foi recebido nesta segunda-feira (15/03) pelo presidente Jair Bolsonaro. O médico passou a ser o mais cotado para assumir a vaga de Pazuello após a intensivista Ludhmila Hajjar não chegar a um entendimento com o governo. Hoje pela manhã, a médica comunicou ao Planalto que não ocuparia o cargo.   

Nascido em João Pessoa, Marcelo Queiroga é presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia. Formou-se em Medicina pela Universidade Federal da Paraíba. Concluiu a residência em cardiologia no Hospital Adventista Silvestre, no Rio de Janeiro. Tem especialização em cardiologia, com área de atuação em hemodinâmica e cardiologia intervencionista.


Com informações do Correio Braziliense