Starlink estará em breve disponível em todo o mundo

Elon Musk anunciou nesta semana que o serviço de banda larga de alta velocidade via satélite, a Starlink , vai estar disponível para o mundo inteiro, com exceção dos Pólos Norte e Sul, já em agosto. Em um primeiro momento, a Starlink vai ser disponibilizada para 12 países, e a cada mês outros vão ser adicionados.


O serviço de banda larga de alta velocidade conta com mais de 1.800 satélites na órbita baixa da Terra , todos eles lançados ao espaço pela empresa aeroespacial SpaceX , também de propriedade de Musk. De acordo com o empresário, a Starlink já tem quase 70.000 clientes ativos, e espera ter 500 mil daqui a um ano.
O serviço da Starlink não é barato: a mensalidade é de 99 dólares, ou cerca de 500 reais. Além disso, os clientes precisam comprar uma antena parabólica para captação do sinal, que tem o custo de 499 dólares, ou quase 2.500 reais.
De acordo com Musk, esse é um serviço destinado para apenas uma pequena parcela de 3% a 5% da população mundial, que não possui acesso à internet . A rede Starlink deve funcionar como um complemento às redes de fibra óptica e 5G , chegando aos locais mais remotos do planeta.

Matéria de Eduardo Sorrentino para Olhar Digital