O movimento Direita Patos, fazendo parte da maioria dos brasileiros que querem o voto auditável ou impresso nas próximas eleições no país, realiza neste domingo, 1 de agosto,  uma carreata visando mostrar aos políticos brasileiros, principalmente os deputados federais e senadores, que a maioria do eleitorado da nação quer o voto auditável ou impresso, como forma de se evitar fraude nas próximas eleições e posteriormente. 

O referido movimento, conforme assinalado, é altamente democrático e visa unicamente  a lisura no pleito de 2022 e posteriormente, dando ao eleitor a certeza de que seu voto foi realmente computado e os candidatos escolhidos  foram os  sufragados na urna. Significa dizer que o voto auditável servirá unicamente para dar maior segurança ao pleito.


"Não podemos ficar a mercê de tribunais suspeitos  e de uma quadrilha política que tenta usurpar o poder a qualquer custo. Venezuela, Cuba, e outros países que vivem em regime de ditadura, são um exemplo dessa realidade, onde o  povo não tem direito  a ter direito. O resultado é o caos, a fome e a miséria.

Esse movimento de domingo, dia primeiro de agosto, será mais um que faremos em favor do Brasil.

Sairemos do campo da liga, percorremos as ruas do Prado, Solon de Lucena e Epitácio Pessoa, encerrando na praça Getúlio Vargas. Começaremos a nos reunir às 8:00h, vestidos de verde e amarelo, cores que identificam nossa bandeira.

Podem ir em qualquer transporte. O importante é estarmos unidos em defesa da nossa nação. Que todos estejam de máscaras, tendo os cuidados essenciais", revelaram os responsáveis pelo referido movimento, que respondem pelo

    Grupo Direita Patos, e que distribuirão bandeiras  com os primeiros a chegar ao local, no campo da liga, saída para Piancó.




Da assessoria