Quem era criança em 1983 e cantarolou Aquarela, em mais uma parceria eternizada entre Toquinho e Vinícius de Moraes, ainda pode conferir hoje que as gerações que se seguiram continuam contornando a mão e se dando uma luva. Com dois riscos, um guarda-chuva. A poesia de Antonio Pecci Filho, o Toquinho, resistiu ao tempo, e o músico se manteve versátil e inventivo. Ele completa 75 anos nesta terça (6 de julho)

Em uma  busca no acervo dos veículos da Empresa Brasil de Comunicação, é possível encontrar registros dessa caminhada de mais de cinco décadas de carreira. Um dos exemplos é uma entrevista realizada há três anos pelo programa Fique Ligado, quando Toquinho completou 50 anos de carreira. 

"Quando Aquarela foi lançada, um homem da faixa dos 40 anos tinha 6 ou 7 anos. Os filhos devem ter essa idade também. Isso me ajudou muito", afirmou. 
 

Assista ao programa da TV Brasil




Toquinho, na entrevista, reconhece o valor de toda a sua trajetória, e se impõe novos desafios. "Mas eu não vivo de passado. (...) A vida começa agora para mim". 

Com informações da Agência Brasil