Investigação conclui que menina se jogou de prédio no Bairro dos EstadoA Polícia Civil da Paraíba, por meio da Delegacia de Crimes contra a Pessoa (DCCPES) e o Instituto de Polícia Científica, concluiu as investigações acerca da morte de uma menina de nove anos de idade, fato ocorrido no dia 22 de maio de 2021, em João Pessoa.

Após minucioso trabalho investigativo, baseado em provas testemunhais, periciais, imagens de circuito de câmeras de segurança e outros meios de investigação, ficou constatado que a criança morreu em decorrência de suicídio.

A investigação descarta qualquer ação humana de terceiros que tenha dado causa para a queda da menina da janela do apartamento onde morava, do 22º andar, objeto central deste Inquérito Policial.


A Polícia Civil entende que casos como este são extremamente sensíveis para torná-los de conhecimento público, mas, por outro lado, avalia como necessário deixar claro que a morte se deu por suicídio.

As informações divulgadas à época do crime eram de que a garota conversava em um aplicativo de mensagens quando a mãe teria retirado o celular dela. A criança foi para o quarto e, após alguns minutos de silêncio, o pai foi verificar, encontrando o ambiente vazio e a tela de proteção cortada. Ao perceber a queda, o pai foi até a rua e retirou o corpo da filha do local, transportando-o para dentro do apartamento. Em seguida, ligou para o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu). Uma perícia foi realizada no local naquela madrugada e outra na manhã seguinte.

Com informações de Parlamentopb