Nos áudios é possível ouvir ainda os bandidos confirmando o que a Polícia Militar havia anunciado, que se tratava de uma organização criminosa que estava se preparando para grandes assaltos em Patos

A Polícia Civil de Patos divulgou, nesta segunda (23), áudios encontrados no celular de um dos bandidos mortos em uma troca de tiros contra a Polícia Militar no bairro Maternidade, em Patos, no dia 31 de julho deste ano. À época, a Inteligência da PM havia descoberto um plano para realizar assaltos em Patos e em cidades da região.


A PM então interceptou o carro dos bandidos e ordenou a parada. Os bandidos desobedeceram à ordem e iniciaram uma troca de tiros. Dois bandidos foram mortos na ação. A Polícia Civil encontrou áudios nos celulares dos bandidos que revelam um diálogo em que eles combinam os assaltos e ainda comemoram a data do plano.

Nos áudios é possível ouvir ainda os bandidos confirmando o que a Polícia Militar havia anunciado, que se tratava de uma organização criminosa que estava se preparando para grandes assaltos em Patos.

“O cara fecha lá a loja meio-dia em ponto. Seria bom nós pegar o carro ou a moto e dar um balão lá, ver como é que tá, tá ligado? Porque falta treze minuto, ele vai chegar lá meio-dia e cinco, meio-dia e dez”, diz um dos bandidos.

Outro envolvido combina como será a ação para assaltar um comércio em Patos. Eles falam horários e como os assaltantes devem proceder.

“Eu comecei a fazer roubinho besta em 2005, aí em 2010 eu já fazia 157 (crime de roubo), eu não peguei fitão (prisão) muito grande não. Se ligue aí, fique em contato com o mago aí, porque o mago vai mandar o pessoal comprar lá tá ligado? Quando ele fechar aí ele diz a você e você já pega na entrada”, revela outro áudio.

Ouça abaixo todos os áudios divulgados pela Polícia Civil de Patos:


Sonora bandidos


Matéria de Patosonline