Com rejeição de membros da comissão criada para analisar PEC, proposta não seguirá para análise no Plenário da Câmara


A decisão foi lamentada pelo deputado federal Filipe Barros (PSL), relator do documento, nas redes sociais. “Infelizmente, VOTO IMPRESSO + APURAÇÃO PÚBLICA foi rejeitado”, lamentou.

Com informações de Jovem Pan