Depois da classificação para a final do futebol nos Jogos Olímpicos de Tóquio, a Seleção Brasileira masculina levou um susto no Japão. Na madrugada de terça para quarta-feira, um terremoto acordou atletas da delegação canarinho, que relataram momentos de tensão.

Segundo o "ge", os tremores sentidos na cidade de Narita, onde o Brasil estava hospedado, foram por volta das 5h40. De acordo com portais especializados no tema, terremotos entre 4,7 e 6 graus na escala Richter foram registrados na costa de Ibaraki, local que fica a cerca de 40 quilômetros de Narita.


Chefe da delegação da Seleção Brasileira, Leomar Quintanilha, presidente da Federação de Tocantins, disse que houve jogadores que sentiram, mas também teve quem não observou nada.

- Realmente, algumas pessoas relataram isso, vi algumas delas comentando agora há pouco, inclusive. Mas eu não senti nada, e o Branco (coordenador de base da CBF), também não. As construções daqui são preparadas para isso, os prédios contam com amortecimento - Leomar ao "ge".

Pela manhã, depois dos tremores, a delegação brasileira saiu de Narita e seguiu viagem para Yokohama, onde a Seleção faz a final dos Jogos Olímpicos no fim de semana. No sábado, o Brasil enfrenta a Espanha, às 8h30 (de Brasília; 20h30 no horário local), no Estádio Internacional.


Com informações de Lance