Um dos maiores júris já realizados na Paraíba, nesse período de pandemia da Covid-19, ocorreu, este mês, na Comarca de Guarabira, região do Brejo. A 1ª Vara Mista levou a julgamento sete acusados de liderar Organização Criminosa para prática de tráfico de drogas, roubos e homicídio. “Foi preciso montar uma grande estrutura, incluindo desde o aparato policial até o local para a realização da Sessão do Júri, que durou dois dias, assegurando-se, ainda, a biossegurança”, disse a juíza Flávia Fernanda Aguiar, titular da Vara.


O julgamento começou no dia 14 e terminou no dia 15. Segundo a magistrada, para a realização da Sessão de Júri, foi necessário a solicitação do auditório da OAB em Guarabira, em razão da quantidade de presos e da quantidade do efetivo das polícias Militar e Penal, que foi grande em virtude da periculosidade dos acusados.

“Os protocolos de segurança contra a Covid-19 foram rigorosamente respeitados, com distanciamento e uso de máscaras e álcool em gel colocado à disposição de todos. Foram aplicados testes rápidos para coronavírus em todos os participantes, inclusive na guarnição de segurança”, destacou Flávia Aguiar.


O resultado do trabalho foi um júri organizado, com respeito a todos os participantes e a garantia do descanso e incomunicabilidade dos jurados que se recolheram no hotel da cidade e tiveram a vigilância da Polícia Militar durante toda à noite. “Ao final, os senhores jurados, por maioria de votos, condenaram quatro dos acusados e absolveram outros três, não reconhecendo a autoria do delito”, informou a juíza.

Por Gilberto Lopes - Gecom/TJPB