A representante do grupo “Amigas Viva a Vida”, Gerúsia Delfino, disse que a campanha Outubro Rosa de 2021 será marcada pela falta do mamógrafo para que as mulheres possam realizar o rastreamento de casos alusivos ao Câncer de Mama.


Gerúsia disse que a falta do mamógrafo público representa uma grande lacuna para as mulheres de Patos e região, uma vez que o equipamento que era utilizado na maternidade peregrino filho continua quebrado, e sem previsão de conserto.

“É com muita tristeza que estou aqui, por que o outubro rosa esse ano vai ser muito diferente. Não temos um mamógrafo público em Patos. Não participei da abertura da campanha por que eu tenho vergonha de participar das ações sem que elas aconteçam”, disse Gerúsia Delfino.

Publicidade

A representante finalizou dizendo que o grupo continuará empreendendo esforços no sentido de lutar contra o câncer de mama, que atinge em grande parte, mulheres acima dos 40 anos.


Por Genival Junior – Patosonline.com