Uma ambulância pertencente à Prefeitura Municipal de Patos se envolveu em um grave acidente na manhã desta terça-feira, 09 de novembro, no Km 41 da BR-230, próxima a chegada da cidade de Santa Rita.

Publicidade

Segundo informações repassadas ao Patosonline.com pelo engenheiro patoense Diego Lucena, que passava pelo local, no veículo viajavam, além do motorista, duas mulheres que seguiam para João Pessoa para tratamento de saúde.       

Os três foram socorridos para o Hospital do Trauma em João Pessoa.

Publicidade

Equipes do SAMU, Corpo de Bombeiros e PRF foram enviadas ao local por tempo depois.

Existe a informação (ainda preliminar), que uma das mulheres estava cirurgiada e seguia para fazer uma revisão na Capital.


COMUNICADO – UPA DR. OTÁVIO PIRES DE LACERDA

Sobre o acidente envolvendo a ambulância da UPA Dr. Otávio Pires de Lacerda, em Patos (PB), as primeiras informações colhidas junto à direção geral do serviço, confirmam que o veículo estava revisado e em condições adequadas de realizar o transporte de pacientes, inclusive para outros municípios.

No momento do acidente, próximo ao município de Santa Rita, a ambulância sofreu um capotamento. A mesma estava realizando um transporte social de uma paciente idosa para o Hospital Laureano em João Pessoa. Com a paciente estava uma acompanhante e o condutor da ambulância.

Preliminarmente, sabemos que os três ocupantes não correm risco de morte. O condutor sofreu uma fratura no braço, a paciente idosa teve escoriações que exigem mais atenção, e a acompanhante apresentava escoriações leves.

Essas informações foram repassadas pela equipe do Corpo de Bombeiros que esteve no local do acidente, como informou a direção geral da UPA. Novas informações, inclusive mais detalhadas, serão apuradas em contato com a equipe do SAMU que atendeu a ocorrência.

Um dos diretores da UPA de Patos está indo para a capital João Pessoa, onde ficará a disposição para apoiar os ocupantes da ambulância no que for necessário, e ainda para saber mais detalhes sobre o acidente, inclusive com a PRF, que é o órgão responsável por apurar e definir a causa do acidente.

Assessoria

Matéria do Patosonline.com