Um avião bimotor turboélice King Air C90A acidentou-se nesta tarde na zona rural da cidade de Piedade de Caratinga, em Mina Gerais, e o resgate das pessoas a bordo estava sendo transmitido ao vivo

A princípio, a cantora Marília Mendonça estaria no voo, mas já teria sido resgatada, segundo reportava o G1. 

Em atualização posterior: a rede Globo informou no final da tarde que o Corpo de Bombeiros confirmou a morte da cantora e de todos os demais a bordo.

Publicidade

Conforme as imagens, a aeronave acidentada é a registrada sob a matrícula PT-ONJ. Segundo dados do Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB), pertence à empresa PEC Táxi Aéreo, de Goiás, sendo autorizada a realizar serviços de Táxi Aéreo e em situação normal de aeronavegabilidade, ou seja, em condições físicas e documentais adequadas para voos seguros.



Segundo havia reportado o G1, a assessoria da cantora afirmava que no avião estavam a cantora, um produtor, um assessor, o piloto e o copiloto, e não sabia informar imediatamente se eles foram levados para o hospital, mas disse que eles estavam bem. 

Entretanto, durante a transmissão ao vivo, uma vítima em óbito teria sido confirmada, supostamente do sexo masculino. Mais tarde, foi confirmado que a cantora e todos a bordo também faleceram no acidente.

Publicidade

Em uma publicação em rede social nesta tarde, o perfil da cantora mostra um vídeo em que ela é vista embarcando em um avião com as mesmas cores do acidentado:






Esta é uma matéria em desenvolvimento. Novas informações serão atualizadas com o passar do tempo. 


Com informações de Aeroin