Encarnação das Graças Sampaio Salgado foi alvo de sanção pelo Conselho Nacional de Justiça, com base na Loman

A desembargadora Encarnação das Graças Sampaio Salgado foi aposentada compulsoriamente pelo TJ do Amazonas e vai receber R$ 35 mil por mês. Ela é acusada de vender decisões judiciais.

Publicidade

Na decisão, publicada no último dia 22, o presidente da Corte, Domingos Jorge Chalub Pereira, afirmou que os rendimentos da magistrada são “proporcionais ao tempo de contribuição”.

Em 2016, ela foi alvo de uma operação da PF e chegou a ser denunciada pelo STJ por venda de decisões judiciais.

Publicidade

Em 29 de junho, o CNJ analisou um processo administrativo disciplinar contra a magistrada. 

O colegiado impôs à desembargadora a sanção mais severa, segundo a Lei Orgânica da Magistratura, seguindo o entendimento do relator, Mário Guerreiro.



Com informações de O Antagonista