Foto: Reprodução


100% digital, versão brasileira do veículo estava em operação desde 2013

No Brasil, a lista de veículos de comunicação encerrados neste ano não fica restrita à mídia impressa. Lançada em 2013 e com foco desde sempre no online, a edição em português do El País deixa de publicar conteúdos inéditos a partir desta terça-feira, 14. A informação foi anunciada pela própria marca — que seguirá ativa em seu país de origem, a Espanha.

“Queremos agradecer aos profissionais do El País Brasil por seu grande esforço e dedicação. Como também à fidelidade de nossos leitores, que poderão acompanhar a informação sobre a região e o resto do mundo em nossa edição da América”, informa a direção da empresa de mídia no comunicado sobre o fim das atividades da versão brasileira. “Para este jornal, o Brasil é um eixo da informação global tanto no plano político e econômico, quanto no cultural e social.”

Publicidade

[Os leitores] poderão acompanhar a informação sobre a região e o resto do mundo em nossa edição da América

Sem falar em demissões ou atrelar o fim da operação no Brasil à crise econômica, a equipe do veículo de comunicação dá a entender que manterá o vínculo com correspondentes baseados a partir da capital paulista. De São Paulo, esses jornalistas irão se reportar à redação na Cidade do México, além dos escritórios mantidos pela corporação midiática em Washington D.C. (EUA), Bogotá (Colômbia) e Buenos Aires (Argentina).



El País Brasil: números atuais

O El País despede-se do Brasil com audiência milionária. De acordo com a plataforma SimiliarWeb, o domínio brasil.elpais.com fechou novembro com mais de 9 milhões de visitas estimadas — número que representou queda de 10,52% em relação ao mês anterior. Em julho, a audiência registrada foi de 11,5 milhões de visitas.


Com o fim da operação, a expectativa é que o site brasil.elpais.com permaneça no ar no decorrer dos próximos meses, mas sem receber atualizações. Em sua trajetória no país, o jornal digital se destacou pelo time de colunistas. Até seus últimos momentos, o veículo de comunicação contou com artigos de jornalistas como Xico Sá e Eliane Brum. 


Por: Anderson Scardoelli para Comunique-se