Um jato executivo caiu na noite de ontem, 28 de dezembro, na área de El Cajon, em San Diego, no sul da Califórnia, sem deixar sobreviventes, disseram as autoridades locais.

O avião estava programado para pousar em um campo de aviação nas proximidades quando caiu pouco depois das 19h00, de acordo com o Departamento do Xerife do Condado de San Diego.

Publicidade

Câmeras de segurança registraram o momento em que o jato é visto em uma intensa curva descendente até a queda seguida de explosão:



O áudio da gravação abaixo, com as comunicações entre o piloto e o controlador de tráfego aéreo da torre do aeroporto Gillespie Field, mostra que havia sido aprovado o pouso da aeronave pela pista 17, e em seguida o piloto solicitou alteração para prosseguir para pouso pela pista 27R. 

Pouco tempo depois, ouve-se o piloto gritando em meio à queda da aeronave.


Conforme o áudio acima e os dados da plataforma RadarBox de rastreamento online de voos, a aeronave envolvida é o Learjet 35A registrado sob a matrícula N880Z. Ele partiu de Santa Ana, também na Califórnia, cerca de 20 minutos antes da queda:

O voo do Learjet até o acidente – Imagem: RadarBox
A aeronave passou sobre o aeroporto e caiu instantes depois – Imagem: RadarBox
A aeronave passou sobre o aeroporto e caiu instantes depois – Imagem: RadarBox



Os bombeiros não encontraram sobreviventes no local, disseram as autoridades em um comunicado à imprensa, mas não especificaram quantas vítimas foram encontradas. Ninguém ficou ferido no solo. O Departamento do Xerife emitiu o seguinte comunicado na noite de ontem:

“O Departamento do Xerife do Condado de San Diego continua a ajudar nossos parceiros policiais e bombeiros com um pequeno acidente de avião na área não incorporada de El Cajon.

Aconteceu na segunda-feira, 27 de dezembro, logo após as 19 horas, perto do bloco 1200 da Pepper Drive.

Delegados da Delegacia do Xerife de Santee e da Subestação do Xerife de Lakeside responderam imediatamente à cena junto com o Distrito de Proteção contra Incêndios de Lakeside, a Patrulha Rodoviária da Califórnia (CHP) e o Departamento de Polícia de El Cajon.

O avião estava programado para pousar em Gillespie Field, em El Cajon. No momento, não temos informações de onde o avião estava vindo ou quantos estavam a bordo. Os bombeiros não conseguiram encontrar nenhum sobrevivente no local do acidente. No condado de San Diego, o Medical Examiner’s Office é a agência que regulamenta a forma ou causa das mortes, bem como fará a identificação das pessoas uma vez que a família tenha sido notificada.

Uma casa foi danificada e linhas de energia foram derrubadas na área. Ninguém se feriu em solo. Neste momento, equipes de San Diego Gas and Electric (SDG & E) estão no local trabalhando para restaurar a energia para cerca de 70 clientes na área. A Cruz Vermelha americana estará prestando assistência amanhã de manhã, 28 de dezembro, aos residentes que permanecem afetados pela queda de energia.

Esteja ciente de que a Pepper Drive permanecerá fechada entre Topper Lane e North 2nd Street até quarta-feira, 29 de dezembro, pois levará algum tempo para que a Federal Aviation Administration (FAA) e o National Transportation Safety Board (NTSB) processem a cena. Evite a área se puder e planeje-se adequadamente se isso fizer parte do seu trajeto.

Se você tiver fotos ou vídeos do acidente de avião, envie-os para witness@ntsb.gov.

Nossos pensamentos e orações vão para todas as pessoas afetadas pela queda do avião.”

As observações meteorológicas do aeroporto Gillespie Field mostraram que a visibilidade caiu abaixo de 1 milha por volta das 18h50, com tetos de nuvens abaixo de 500 pés. As condições duraram até cerca de 20h, quando a visibilidade voltou a 3 a 5 milhas.

“Quando os bombeiros chegaram ao local, havia chuva significativa e um grande campo de destroços que se estendia por cerca de 60 metros”, disse o chefe do Distrito de Proteção contra Incêndios de Lakeside, Don Butz, à CNN.

Traremos atualizações sobre o acidente caso novas informações relevantes se façam conhecidas.


Por Murilo Basseto para Aeroin