É Natal! Hoje nasceu para nós um menino! Hoje! Neste momento! Ele vem! Vem de baixo, pequeno, frágil. 

Tem fome, sede e sente frio. A encarnação de Deus continua a ser um escândalo para quem espera um Messias potente, dominador. 

Mas o amor não permite ditaduras. Não se impõe nem limita liberdades. A mensagem do Natal de Deus é muito simples e ao mesmo tempo a mais incrível revelação: Deus escolheu para si o último lugar!




Com informações de Vatican News